Após reunião, Sindicato dos Servidores Públicos de Óbidos aprova 'estado de greve' - AMAZOON NOTÍCIA

JURUTI 139 ANOS

Após reunião, Sindicato dos Servidores Públicos de Óbidos aprova 'estado de greve'

Após reunião, Sindicato dos Servidores Públicos de Óbidos aprova 'estado de greve'

Share This
Assembleia geral foi realizada nesta sexta-feira, 11 (foto: Amazoon Notícia)

Medida tem como objetivo fazer com que o prefeito dialogue com a classe dos trabalhadores.

Foi votado e aprovado durante reunião realizada nesta sexta-feira (11) o "estado de greve" do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Óbidos (Sptmo), no oeste do Pará.

A medida, de acordo com o presidente do Sptmo, Erison Campos, ocorre antes de realmente ser deflagrada a greve, como um recurso para que a prefeito converse com os servidores.

"Isso ainda não é greve! É apenas um período que ocorre antes de realmente deflagrar a greve. Estaremos passando nos ambientes de trabalho, levando informações aos servidores para que a gente lute por nossos direitos", explica o presidente.

Ao Amazoon Notícia, Erison contou que o prefeito não informou nada para o Sindicato sobre o não pagamento do novo piso salarial dos professores do magistério, e que por isso decidiu procurar outra alternativa.

Também durante a reunião desta sexta, foi aprovada a proposta para que seja formada por servidores, uma comissão que buscará, junto ao Ministério Público, uma intervenção por melhorias para a classe.

"A gestão municipal não atende ao Sindicato, não reconhece o Sindicato como legítimo representante dos servidores públicos, então como não há a conversa, nós vamos entrar por uma outra via. E através do Ministério Público vamos tentar fazer com que a gestão municipal nos atenda e de certa forma negociar", reiterou Erison.

Foram discutidos no encontro desta sexta-feira, pautas como o piso nacional dos agentes comunitários de saúde e de combate à endemias, o piso nacional do magistério e a eleição sindical, que deve ser realizada ainda este ano.



Por:
Redação Amazoon Notícia

Nenhum comentário:

Postar um comentário