Moradores da Campina denunciam péssimas condições do ramal de acesso à comunidade - AMAZOON NOTÍCIA

JURUTI 139 ANOS

Moradores da Campina denunciam péssimas condições do ramal de acesso à comunidade

Moradores da Campina denunciam péssimas condições do ramal de acesso à comunidade

Share This

 

valas em alguns trechos do ramal dificultam o acessa à Campina (foto: reprodução/ redes sociais)

Região é muito frequentada por visitantes que buscam lazer nos igarapés que ficam em chácaras e balneários.

Moradores da região conhecida como Campina, comunidade próxima ao bairro Bela Vista, em Óbidos no oeste do Pará, estão encontrando dificuldades para transitar pelo ramal dá acesso a região.

Com as chuvas intensas que caíram nas últimas semanas, alguns trechos estão quase intrafegáveis, por conta das valas abertas pela enxurrada, principalmente nos perímetros do ramal onde há ladeiras.

A Campina é uma região privilegiada pelos igarapés que atraem um grande número de visitantes, principalmente aos fins de semana quando as chácaras e balneários são os destinos mais procurados.

Mas, além de prejudicar o ir e vir de quem mora na comunidade, a precária condição de trafegabilidade do ramal tem afastado também os visitantes, interferindo diretamente na renda de microempresários e empresários que ofertam atendimento, e geram renda para as famílias que residem na Campina.

Os prejuízos, ocasionados pelas condições de acesso, se estendem também para os donos de propriedades rurais, que têm enfrentado dificuldades no trabalho diário de manutenção das criações, por conta das dificuldades para transportar os mantimentos. 

No final do ano passado, durante entrevista à uma emissora de rádio local, o prefeito Jaime Silva (MDB), chegou a afirmar que o ramal receberia manutenção, e que já havia sido programada pela Secretaria Municipal de Sanemaneto, Urbanismo e Infraestrutura (Seurbi).

No entanto, os moradores afirmam que o trabalho nunca foi realizado.

Ao Amazoon Notícia, a Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Óbidos, disse que no final do ano passado “um trabalho paliativo foi realizado”, sem citar em que perímetro do ramal.

A assessoria informou ainda que, “como as chuvas estão muito intensas as equipes já estão se programando pra ir de novo”, sem informar quando iniciará o trabalho.




Por:
Redação Amazoon Notícia

Nenhum comentário:

Postar um comentário