Prefeitura de Óbidos nega envio de 90 doses para comunidade Matá, mas admite que nem todos foram vacinados - AMAZOON NOTÍCIA

JURUTI 139 ANOS

Prefeitura de Óbidos nega envio de 90 doses para comunidade Matá, mas admite que nem todos foram vacinados

Prefeitura de Óbidos nega envio de 90 doses para comunidade Matá, mas admite que nem todos foram vacinados

Share This

 

Moradores aglomeraram em frente à UBS Matá / Foto: reprodução redes sociais



Em nota enviada neste sábado, 27, assessoria de comunicação negou a denúncia que partiu de moradores da região.

A Prefeitura de Óbidos, no oeste do Pará, se manifestou por meio da assessoria de comunicação, negando a informação de que as doses enviadas para etapa da campanha de vacinação realizada na sexta-feira (26) na região quilombola tenha sido insuficiente para atender à demanda dos moradores das comunidades Centrinho, Cuéce, Silêncio e Matá.

A denúncia que partiu de moradores da região através de áudios e fotos, relatou que apenas 90 doses para aplicação das 1ª, 2ª e 3ª dose foram encaminhadas para a UBS do Matá.

A nota afirmou que além das 90 doses da vacina Pfizer destinadas aos adolescentes e para a 3ª dose, também foram enviadas vacinas Sinovac e Astrazeneca, que juntas totalizaram cerca de 500 doses.

No entanto, a nota admite que o quantitativo de vacinas enviados à comunidade foi insuficiente, o que deixa claro que o motivo de reclamação dos moradores tem fundamento.

"'Infelizmente', o número de pessoas para receber a 3ª dose foi maior que o levantamento previsto inicialmente", diz um trecho da publicação da prefeitura municipal.
 

Confira abaixo na íntegra a nota

A Prefeitura Municipal de Óbidos, por meio da Secretaria de Saúde, esclarece a verdade acerca das informações vinculadas no site AMAZOON NOTÍCIA, na tarde da última sexta-feira, 26 de novembro, que enfatizou que apenas 90 (noventa) doses de vacinas utilizadas para o enfrentamento da Covid-19 foram enviadas às comunidades Matá e São José, para aplicação de 1ªD, 2ªD e 3ªD de reforço.

A Semsa esclarece ser inverdade o noticiado no site AMAZOON NOTÍCIA. Pois, além das 90 (noventa) doses da vacina Pfizer destinadas para adolescentes e 3ªD de reforço para quem tomou a 2ªD dose a pelo menos 5 meses, foram enviadas também doses das vacinas Sinovac e Astrazenica, que juntas totalizavam cerca de 500 doses. Infelizmente, o número de pessoas para receber a 3ªD foi maior que o levantamento previsto inicialmente.

O Governo Municipal reitera seu compromisso com a população de distribuir as vacinas, assim que elas chegam ao município. Esclarecemos ainda que nos últimos dias a grande demanda de pessoas em busca dos imunizantes fez com que o antígeno programado para ser aplicado até a primeira semana de dezembro acabasse. Porém novas doses já foram solicitadas à 9° regional e logo estarão a disposição da população.

É importante destacar o empenho e o compromisso das equipes de imunização da secretaria de saúde, que diante de todas as dificuldades (manter as vacinas na temperatura ideal para não perdê-las, clima, estrada, chuva, navegação e outras...) enfrentadas para levar as vacinas até a população, seja ela, da zona urbana ou rural do município, só esta semana vacinaram mais de duas mil (2.000) pessoas.

Reiteramos que nos postos de saúde do município a vacinação continua para 1°D e 2°D, com as vacinas Coronavac e AstraZeneca. Vale ressaltar que, mesmo com a vacinação, as medidas de enfrentamento à Covid-19 devem ser respeitadas. 
 

Por:
Redação Amazoon Notícia

Nenhum comentário:

Postar um comentário