Policiais Militares de Óbidos e Curuá participam de projeto voltado a saúde física e mental - AMAZOON NOTÍCIA

MINERAÇÃO RIO DO NORTE

Policiais Militares de Óbidos e Curuá participam de projeto voltado a saúde física e mental

Policiais Militares de Óbidos e Curuá participam de projeto voltado a saúde física e mental

Share This
Fotos/ Ascom- Prefeitura de Óbidos

A iniciativa surgiu a partir do diagnóstico dos profissionais que atuam na academia de saúde do município.

Um projeto voltado aos cuidados do corpo e da mente foi realizado na manhã desta sexta-feira, 15 de outubro, no auditório do Palácio José Veríssimo em Óbidos, na região oeste do Pará e teve como tema “Cuidando de quem protege”. A programação teve inicio às 8h com palestras sobre lesão por esforço repetitivo (LER) e distúrbios osteomusculares relacionados ao trabalho (Dort), ginástica laboral e exercício laboral e roda de conversa sobre ansiedade, depressão e suicídio.

De acordo com a fisioterapeuta da Semsa Óbidos, Celciane Gama, a iniciativa surgiu a partir do diagnóstico realizado com profissionais da segurança pública do município onde foi diagnosticada a necessidade da realização de projetos voltados a saúde do corpo e da mente. “A maioria dos policiais aqui de Óbidos e também Curuá tem uma prevalência de dores a nível lombar, por isso estamos hoje com essa ação voltada a educação em saúde com ergonomia, ginástica laboral e fizemos exercícios laborais, ginastica laboral que eles podem realizar no ambiente de trabalho” enfatizou Celciane Gama.

O comandante do 29 Companhia Independente de Policia Militar, major David Samaroni, falou sobre a importância do projeto. “O projeto tem o objetivo de proporcionar aos militares uma melhor qualidade de vida, física uma vez que nós ficamos diariamente expostos a uma carga física muito grande pelo uso do colete, equipamento, armamento e a ação busca prevenir lesões, reduzir dores lombares e o acompanhamento psicológico, sabemos que por traz dessa farda há um ser humano que necessita estar bem”, ressaltou David Samaroni.

Destacado para a segurança pública no município de Curuá, o 3º sargento Anselmo Júnior aprovou a iniciativa. “Nós trabalhamos 24 horas e com a orientação em fisioterapia, a profissional ensinando como devemos fazer o alongamento correto, no outro dia a gente vai descansar e a psicóloga nos ensinando também como devemos nos portar em determinadas situações para ter a nossa saúde mental preservada e melhorar a nossa atuação com a sociedade”, frisou o 3º sargento.

Ao tidonparticiparam do projeto "Cuidando de quem protege" 45 policiais militares, deverão receber acompanhamento mensalmente na academia de saúde de acordo com a demanda do 29º CIPM que montará um grupo de apoio e acompanhamento dos profissionais que necessitarem dos serviços de psicologia e fisioterapia. 
 
Ascom-Prefeitura de Óbidos 
 

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário