Juíza de Manaus proíbe segunda dose em quem furou a fila - AMAZOON NOTÍCIA
Juíza de Manaus proíbe segunda dose em quem furou a fila

Juíza de Manaus proíbe segunda dose em quem furou a fila

Share This
Foto: Prefeitura de Manaus

A juíza federal Maria Pinto Fraxe, de Manaus, proibiu que todas as pessoas da cidade que furaram a fila da vacinação contra a Covid-19 tomem a segunda dose.

Isso inclui, segundo a decisão, a própria secretária municipal de Saúde, Shádia Fraxe, que será multada em R$ 100 mil por dia, em caso de descumprimento.

“Somente por ser secretária de Saúde, não possui ela o direito à vacina se não estiver na linha de frente de combate à Covid-19. Visitar unidades de saúde não é estar na linha de frente”, afirmou a juíza, que esclareceu não ser parente da secretária, apesar do sobrenome comum.

A decisão também menciona, entre os que furaram a fila e estão proibidos de tomar a segunda dose, empresários que fornecem refeições para hospitais, dois advogados e quatro estudantes que estão internados em hospitais.

“Nenhum hospital privado recebeu a vacina e lá existem milhares de profissionais linhas de frente. Mais, até agora os profissionais do Samu, que transportam e realizem primeiros socorros a paciente-passageiros quase asfixiados e completamente contaminados não foram vacinados”, diz a decisão.

Ela determinou que 132.250 doses que chegaram à cidade ontem fiquem armazenadas na Fundação de Vigilância em Saúde. Três enfermeiras cuidarão do material e poderão acionar a polícia para fazer a guarda.

As doses só poderão ser distribuídas com autorização judicial, mediante apresentação de programação e critérios para vacinação.

O Antagonista

Nenhum comentário:

Postar um comentário