Terceira recarga do cartões de vale-alimentação escolar estará disponível nesta quinta-feira (30) - AMAZOON NOTÍCIA
Terceira recarga do cartões de vale-alimentação escolar estará disponível nesta quinta-feira (30)

Terceira recarga do cartões de vale-alimentação escolar estará disponível nesta quinta-feira (30)

Share This
Fotos: Agência Pará
O governo do Estado vai liberar, nesta quinta-feira (30), a terceira recarga dos cartões de vale-alimentação escolar da rede estadual de ensino. A informação foi anunciada na tarde da última terça-feira (28) pelo governador do estado Helder Barbalho.

“Todos os alunos das escolas estaduais dos 144 municípios poderão usufruir do vale-alimentação já nesta quinta. Vamos continuar trabalhando para que toda a população possa vencer a pandemia”, afirmou o governador.

O vale-alimentação escolar é um auxílio concedido pelo governo do Estado aos alunos matriculados nas escolas estaduais como forma de garantir alimentação aos estudantes durante o período de suspensão das aulas. O benefício começou a ser pago em abril quando foi feita a primeira entrega dos cartões no valor de R$ 80 por aluno. Com isso, o governo do Pará cumpre com o compromisso assumido de não deixar que nenhum aluno fique desassistido durante a pandemia de Covid-19.

Segundo o governador, nesta terceira recarga serão beneficiados 575 mil alunos das 927 escolas estaduais, um investimento total de R$ 123 milhões garantidos com recursos próprios do Estado.

A secretária de estado de educação Elieth de Fátima Braga lembra que a recarga será automática nos cartões entregues na primeira e segunda etapas. “Desta vez não haverá entrega de novos cartões, os alunos ou responsáveis deverão utilizar os cartões entregues nas etapas anteriores”, ressalta.

A empresa MeuVale é a responsável pelo gerenciamento das recargas e as dúvidas sobre o uso do vale poderão ser tiradas através do aplicativo e dos números de contato da empresa informados no verso do cartão. A Seduc lembra, ainda, que os R$ 80 devem ser utilizados exclusivamente na compra de alimentos ao aluno em até 90 dias. 
Agência Pará

Nenhum comentário:

Postar um comentário