Profissionais da educação do município de Curuá clamam por seus salários e pedem intervenção do Ministério Público. - AMAZOON NOTÍCIA

JURUTI 139 ANOS

Profissionais da educação do município de Curuá clamam por seus salários e pedem intervenção do Ministério Público.

Profissionais da educação do município de Curuá clamam por seus salários e pedem intervenção do Ministério Público.

Share This
Foto/ Divulgação
Os profissionais da educação da Rede Municipal de Ensino de Curuá, clamam por socorro, os mesmos estão com os salários atrasados referente ao mês de abril, até apresente data (21/05), seus vencimentos ainda não foram registrados em suas contas, e pedem que o Ministério Público Estadual e Federal investigue os motivos dos constantes atrasos dos pagamentos.

Segundo informações dos servidores municipais, a única resposta dada pela secretária municipal de educação, Maria da Graças Rodrigues, em relação ao atraso do pagamento, é que a prefeitura não dispõe até no momento dos recursos para pagar a classe. 
 

Segundos os funcionários da educação e conforme o demonstrativo do site do Banco do brasil, o governo federal já repassou mais de 1 milhão para FUNDEB do município até no momento, dinheiro suficiente para quitar as folhas da educação.

De acordo com a classe, o prefeito Zé da Marta do MDB e seu vice Xuxa do PT, não dão esclarecimentos do que ocorre com o dinheiro público do FUNDEB, o que deixa a classe trabalhadora da educação revoltada.

O sindicato da categoria marcou para a manhã desta sexta-feira (22), uma manifestação em frente da prefeitura.

O espaço fica aberto para secretaria de educação e para prefeitura de Curuá, caso queiram fazer esclarecimento sobre a matéria divulgada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário