Prefeito de Juruti e PM se reúnem para avaliar e definir ações que proíbe embarcações vindo do Estado do Amazonas abordarem nos Portos do Baixo Amazonas. - AMAZOON NOTÍCIA
Prefeito de Juruti e PM se reúnem para avaliar e definir ações que proíbe embarcações vindo do Estado do Amazonas abordarem nos Portos do Baixo Amazonas.

Prefeito de Juruti e PM se reúnem para avaliar e definir ações que proíbe embarcações vindo do Estado do Amazonas abordarem nos Portos do Baixo Amazonas.

Share This
Fotos/ Reprodução - Comunicação Juruti
O prefeito de Juruti, Henrique Costa, se reuniu na manhã desta quinta (26) com o comandante do Policiamento Regional I, com sede em Santarém, Coronel Aldemar Maués Júnior, e com os comandantes da PM nos municípios de Juruti e de Óbidos, Capitão Vanderley e Major Samaroni, respectivamente. Na oportunidade, eles avaliaram as ações desenvolvidas na quarta-feira (25), e  definiram novas estratégias para dar cumprimento no decreto do governo do estado, que proíbe embarcações vindo de outros estados,  atracarem nos portos paraense. Juruti faz fronteira com estado do Amazonas, tanto em via fluvial como terrestre.

As operações iniciaram na quarta-feira (25), o comandante do CPR1 Informou que no primeiro dia de atuação, a PM conseguiu interceptar a embarcação São Bartolomeu V, que vinha do Amazonas com 55 passageiros com destino a Santarém. Ao ser informado da medida, o comandante da embarcação resolveu retornar para o estado de origem. E por volta das 16h, a PM fez a abordagem na embarcação Obidense III – que transportava apenas cargas. Na ocasião, a técnicos da Vigilância Sanitária fizeram inspeção junto aos tripulantes, vistoria em todos os setores da embarcação, que em seguida foi liberada para seguir até o município de Óbidos. O trabalho conta também com o apoio da Guarda Municipal de Juruti e da Polícia Civil.

Aeronaves – um avião da PM chegou por volta das 15h desta quinta-feira a Juruti trazendo mais policiais militares e parte da logística para reforçar a atuação da PM. E no fim da tarde, chegará um helicóptero que ficará na região. “Estamos na divisa com o Estado do Amazonas e nesta época do ano, por causa da cheia, o rio apresenta vários furos que podem ser usados por comandantes de embarcações para fugir da fiscalização. Com o helicóptero aqui será mais fácil fiscalizar a malha hidroviária desta região”, destacou o comandante do CPR1.

Estrada Juruti-Parintins – O CPR1 também vai reforçar a fiscalização na estrada que liga Juruti a Parintins, na região do Mamuru Planalto. “Temos recebido denúncias de que muitas pessoas estão descendo em Parintins e vindo pela estrada. Os policias que atuam na região de Juruti Velho já estão fazendo a fiscalização, vamos seguir com novos policiais para reforçar o trabalho e o bloqueio naquela região”, acrescentou o coronel Maués.

“Estamos acompanhando e dando todo o apoio à Polícia Militar que se encontra no nosso município atuando na prevenção e no combate ao Coronavírus. Com relação ao trabalho na estrada que liga Parintins a Juruti, vamos disponibilizar integrantes da Guarda Municipal, Agente de Vigilância Sanitária, uma Técnica em Enfermagem para ajudar a Policia Militar no cumprimento das medidas de prevenção adotadas no Estado do Pará”, destacou o prefeito Henrique Costa. 
 
Comunicação -Prefeitura de Juruti
 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário