População obidense participou da 2ª edição do projeto “Plantas Solidárias” em Prol da Santa Casa realizado na manhã deste domingo(19). - AMAZOON NOTÍCIA

JURUTI 139 ANOS

 População obidense participou da  2ª edição do projeto “Plantas Solidárias” em Prol da Santa Casa realizado na manhã deste domingo(19).

População obidense participou da 2ª edição do projeto “Plantas Solidárias” em Prol da Santa Casa realizado na manhã deste domingo(19).

Share This
Com foco na solidariedade e ajudar manter os serviços básicos da santa casa de misericórdia de Óbidos, foi realizado a segunda edição do Projeto “Plantas Solidarias “, a ação aconteceu na manhã deste domingo (19), na praça José Veríssimo , área central da cidade. 


A programação iniciou as 08h, e dezenas de pessoas já aguardavam em fila para adquirirem e trocar seus produtos por mudas de plantas. Segunda a coordenação do projeto foram disponíveis aproximadamente 900 pés de mudas, das espécies artesanais, medicinais e hortaliças, todas doadas pelos moradores da região de várzea do município de Óbidos e Curuá. 

A segunda edição do projeto superou e surpreendeu a organização. “É uma alegria em poder participar como entidade, a santa casa é único hospital do município, e todo movimento para conseguimos donativos para dia a dia é de grande importância, e o que nos deixa mais feliz, é o envolvimento das pessoas. Agradecemos em especial da dona lúcia da comunidade Paraná de Baixo pela iniciativa do projeto , prefeito e a primeira dama Antonieta Barros, que abraçou a causa, e a todos que participaram e colaboraram adquirindo suas plantas e doação alimentos e produtos”. Falou Frei Joel, membro da diretoria da Santa Casa. 


“A ação solidaria foi positiva as pessoas vieram e colaboraram. Quanto projetos estamos felizes com as benções de Deus, as pessoas tem respondido nas ações em prol da santa casa, e o momento é também para medir o tamanho da credibilidade dos franciscanos e a necessidade que temos de ser solidários”. Disse Antonieta Barros, primeira dama e uma das coordenadoras do projeto. 

A primeira ação do projeto em vender as plantas e doar para uma entidade surgiu para Casa Rosa em Santarém que atende mulheres com câncer, pela senhora Lúcia moradora da comunidade Paraná de Baixo. “Naquele momento minha irmã vinha recebendo acompanhamento pela casa , foi que surgiu a ideia de vender as plantas e doar o valor para ajudar manter a casa funcionado, e graças a Deus foi um sucesso. E nesse segundo momento com ajuda e apoio de vários colaboradores foi em prol da santa casa e graça a Deus as pessoas colaboraram e ajudarem”. Disse a senhora Lúcia, idealizadora do projeto.









Nenhum comentário:

Postar um comentário