Estudantes e professores da UFOPA e IFPA se mobilizam para protesto nesta quarta-feira(15) em Óbidos - AMAZOON NOTÍCIA

JURUTI 139 ANOS

Estudantes e professores da UFOPA e IFPA se mobilizam para protesto nesta quarta-feira(15) em Óbidos

Estudantes e professores da UFOPA e IFPA se mobilizam para protesto nesta quarta-feira(15) em Óbidos

Share This
Estudantes, professores, servidores e a comunidade escolar que agrega a Universidade Federal do Oeste do Pará (UFOPA –Campus Óbidos) e o Instituto Federal do Pará (IFPA-Campus Óbidos) prometem tomar as ruas de Óbidos, nesta quarta-feira (15), num grande protesto unificado contra os cortes anunciados pelo governo Jair Bolsonaro na educação pública. As concentrações estão marcadas para às 16h, em frete ao campus da UFOPA em Óbidos. De lá, a passeata saem com destino à praça da cultura, onde todos se encontram para um ato público. 

A justificativa para os cortes, segundo o ministro da Educação, seriam “gastos excessivos” das instituições de ensino com eventos e atividades desnecessárias que ele mesmo nomeou como “balbúrdias”. Abraham Weintraub, que inicialmente anunciou um corte de 30%, tem se contradito e anunciado índices menores. Usando chocolates, o ministro afirmou que o “contingenciamento” não passa de "três chocolatinhos e meio num total de 100, ou seja, 3,5%". Mas de acordo com notas oficiais do próprio Ministério da Educação, tudo indica que o ministro tenha errado no exemplo apresentado com chocolates. 

Ação civil pública

Para garantir que o Estado não seja atingido pelo bloqueio de 30% das verbas das universidades federais, a Assembleia Legislativa entrou na Justiça com uma ação civil pública. A medida, assinada pela Mesa Diretora e Comissão de Educação, reforça a movimentação de políticos capixabas visando suspender o corte, anunciado pelo ministro da Educação, Abraham Weintraub.

Nenhum comentário:

Postar um comentário