Porta estandarte e Rainha descrevem sensação de desfilar pelo Águia Negra - AMAZOON NOTÍCIA

JURUTI 139 ANOS

Porta estandarte e Rainha descrevem sensação de desfilar pelo Águia Negra

Porta estandarte e Rainha descrevem sensação de desfilar pelo Águia Negra

Share This
Daiane Amaral, jovem de beleza natural e exuberante encarou o desafio de ser a Majestosa Rainha do Águia
O Águia Negra em 2019, se mostrou imponente e inigualável mais uma vez. Ousou, inovou e mais ainda surpreendeu a todos, trazendo como é de costume mulheres de incomparável beleza. Em sua comissão de frente trouxe destaques com trajes provocantes e que mexeram de certa forma com a imaginação do público. 

O desfile do bloco do povão tem uma característica marcante, com fantasias exuberantes e luxuosas. Exemplo dessa grandeza toda, foi a fantasia da Porta estandarte Naraiane Silva, trouxe o símbolo do bloco; a Águia com tonalidade negra. A roupa da jovem foi baseada na Metamorfose das máscaras, e foi produzida pelos artistas plásticos Ary Rodrigues, Edivan Vieira e Kaká II. 

Porta estandarte Naraiane Silva
Extasiada e muito emocionada, Naraiane revela que viveu momentos inexplicáveis durante o desfile do Águia. “Meu águia na avenida, tem que tá com sorrisão, tem que estar disposto a subir e descer ladeira. Foi uma responsabilidade, tem que ter muito amor, é um dos blocos que já amo, então com certeza é Águia Negra de coração”. 

A jovem ainda conta, que foram feitos diversos convites a ela, só que a chance de ser destaque no Águia falou mais alto. “Vamos lá, tem que ser, e tô aqui. Sem falar na equipe, coordenação do Bloco é maravilhoso e realmente o Águia acolhe realmente a gente e nos faz sentir em casa. Eu acho que eu não vou superar ainda, eu tô muito feliz mesmo. Eu estou completamente amando essa experiência”. 
 

Outra mulher que chamou toda a atenção foi Daiane Amaral, jovem de beleza natural e exuberante encarou o desafio de ser a Majestosa Rainha do Águia. A fantasia da obidense reverencia as cores vermelha e branca, que foi confeccionada pelo artista plástico Sávio Ricarte. Por sua vez, Daiane disse que foi uma responsabilidade assumir o posto de rainha do rei das ruas. “Com certeza é uma responsabilidade muito grande, mas todo esforço vale a pena, o cansaço a gente acaba esquecendo durante o percurso, e acaba se envolvendo na música. É uma honra desfilar pelo Águia Negra, pelo maior e melhor bloco do Carnapauxis”. 

Sobre vivenciar esse momento pela primeira vez sendo destaque representando o Bloco Águia Negra, Day nos conta que foi impressionante ver e sentir o calor da multidão no majestoso. “Olhar pra trás e ver aquela multidão dá um frio na barriga. Na verdade, eu não imaginava que foi assim dessa maneira. Fiquei surpresa e muito grata pelo carinho do público, e enfim eu tô muito honrada de ter participado do bloco Águia Negra. Você estar em público é totalmente diferente, é emocionante, é uma sensação única, foi maravilhoso”, concluiu. 

Da Redação, Patrício Coimbra.








Nenhum comentário:

Postar um comentário