Mais de 200 pessoas são atendidas em Oriximiná pela Policlínica Itinerante - AMAZOON NOTÍCIA
Mais de 200 pessoas são atendidas em Oriximiná pela Policlínica Itinerante

Mais de 200 pessoas são atendidas em Oriximiná pela Policlínica Itinerante

Share This
Fotos/ Agência Pará

Estrutura de saúde do governo do Estado já chegou ao sétimo município da região da Calha Norte

Na região conhecida como Calha Norte, no oeste do Pará, a Policlínica Itinerante já fez 1.702 atendimentos desde o último dia 23. Em Oriximiná, um dos municípios da região, os moradores aguardavam com ansiedade a chegada da estrutura de saúde, disponível em parceria com o Barco-hospital Papa Francisco.

Já com diagnóstico positivo para Covid-19, a dona de casa Ana Rita Silva procurou o atendimento na Policlínica nesta segunda-feira (29). “Eu estou me sentindo muito bem, porque há um mês e sete dias eu tinha testado positivo. Já estava me recuperando, havia tomado remédios, mas nesse fim de semana voltei a me sentir mal. Como eu sabia que a Policlínica viria pra cá, resolvi vir logo aqui. Tava acompanhando os atendimentos nos outros municípios e realmente ansiosa pra receber esse atendimento. Já ganhei os remédios, e fui muito bem atendida”, contou Ana Rita.

Parceria - Em cada município, a Policlínica tem o apoio das prefeituras locais para garantir atendimento de qualidade à população. “Eu me sinto privilegiado. O momento é de gratidão realmente. Agradecer ao governo do Estado, ao governador Helder Barbalho, por ter esse olhar carinhoso com a região, não só com Oriximiná, mas também com os demais municípios da região que têm recebido os atendimentos. Agradecer ainda ao secretário Henderson Pinto, que não tem medido esforços para dar suporte aos municípios da região”, ressaltou o prefeito de Oriximiná, Antônio Odinélio. 
 

Os atendimentos realizados nesta segunda-feira, das 8 às 17 h, beneficiaram 206 pacientes com sintomas leves e moderados da Covid-19. “A Policlínica Itinerante do governo do Estado tem sido uma grande aliada no combate da pandemia. A proposta é tratar as pessoas logo nos primeiros sintomas, evitando o agravamento desse paciente e, consequentemente, uma internação. Os municípios têm recebido muito bem essa ferramenta do Governo do Pará, e os prefeitos de cada município também têm apoiado e sido parceiros fundamentais para a realização desses atendimentos”, frisou o secretário regional de Governo do Oeste do Pará, Henderson Pinto. 
 
Agência Pará


Nenhum comentário:

Postar um comentário