Oriximiná registra mais um óbito por covid-19; é o segundo caso em menos de 24 horas - AMAZOON NOTÍCIA
Oriximiná registra mais um óbito por covid-19; é o segundo caso em menos de 24 horas

Oriximiná registra mais um óbito por covid-19; é o segundo caso em menos de 24 horas

Share This
Foto/ Divulgaão

Uma mulher de 59 anos e outra de 76 anos, são as vítimas da doença. Ambas morreram no Hospital Municipal de Oriximiná. 

Em menos de 24 horas o município de Oriximiná, no oeste do Pará, registrou dois óbitos em decorrência da covid-19. O primeiro caso aconteceu na sexta-feira (15), com uma mulher de 59 anos. Ela passou mal, foi levada ao Hospital Municipal onde foi submetida a teste rápido que foi positivo para a doença. A paciente que tinha comorbidades (outras doenças) ficou internada, mas não reagiu ao tratamento médico-hospitalar. 

O segundo caso aconteceu na madrugada deste sábado (16). Uma idosa de 76 anos, que também tinha comorbidades e estava sendo monitorada teve agravamento do quadro clínico, sendo internada no isolamento do Hospital Municipal, mas não resistiu. 

Os dois casos foram confirmados pela Secretaria Municipal de Saúde de Oriximiná. De acordo com a titular da pasta, Márcia Campos, o momento é muito delicado e a população precisa colaborar se protegendo e fazendo o distanciamento social. 

“É um momento muito delicado da saúde pública mundial, em que nós temos um quadro epidemiológico bastante complicado, com aumento do número de casos de coronavírus e hoje venho lamentavelmente dar notícia de mais uma pessoa, uma idosa de 76 anos. Gostaria de externar os nossos sentimentos por mais uma perda irreparável e pedir à nossa população que se preserve, que se mantenha em casa. A situação não está fácil, mesmo com todo esforço das equipes de saúde e segurança”, pontuou a secretária de Saúde. 

De acordo com boletim divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde às 18h50 de sexta-feira (15), Oriximiná tem 35 casos confirmados de covid-19, 12 pacientes recuperados, 13 monitorados, 10 casos em análise e 412 descartados. Com sintomas gripais, há 240 pessoas sob monitoramento. 

“Estamos diante de um inimigo muito potente e invisível, que tem logrado êxito em alguns momentos tirando a vida de pessoas da nossa cidade. É momento de nos protegermos para que não tenhamos mais tristes e lamentáveis como a perda de entes queridos”, disse Márcia Campos. 

G1 Santarém / Com informações de Márcio Garcia, de Oriximiná

Nenhum comentário:

Postar um comentário