Secretaria de Saúde de Faro monitora passageiros de voo fretado vindos do Amazonas sem autorização. - AMAZOON NOTÍCIA
Secretaria de Saúde de Faro monitora passageiros de voo fretado vindos do Amazonas sem autorização.

Secretaria de Saúde de Faro monitora passageiros de voo fretado vindos do Amazonas sem autorização.

Share This
Faro Oeste do Pará/ Foto Divulgação- Agência Pará

Pessoas estão isoladas em uma chácara afastada da área urbana. De acordo com o decreto, fica proibida a entrada de pessoas vindas de fora do estado. 

Duas famílias de moradores do município de Faro, no oeste paraense, estão sendo monitorados pela Secretaria Municipal após chegarem de viagem da capital do Amazonas (Manaus), onde está decretado estado de calamidade pública devido o número de casos confirmados de Covid-19. A informação foi confirmada pela prefeita de Faro, Jardiane Viana, segundo ela, os passageiros do voo chegaram ao município na tarde de sexta-feira (17). 

Essas pessoas chegaram à cidade em um voo particular que foi fretado, mesmo havendo a violação ao decreto estadual que proíbe esse tipo de traslado durante a pandemia. 

O fato foi denunciado aos agentes de saúde que foram até a pista de aterrisagem da aeronave e encontrou os passageiros, que foram notificados e disseram que sabiam da proibição, mas imaginaram que não haveria problema por já terem planejado ficar em isolamento em uma propriedade da família que fica a cerca de 17km da área urbana. 

Segundo a família desses passageiros, houve tentativa de comunicação na Secretaria de Saúde, no entanto, eles não obtiveram resposta, de modo que resolveram retornar à cidade mesmo sem autorização. 

Ao G1, a prefeita informou que essas pessoas ficaram impedidas de retornar para Faro pelo transporte regular. Essas pessoas estão agora em uma chácara localizada na PA-254 em quarentena, no intuito de resguardar a segurança de todos, tendo em vista que vieram de uma cidade que está em estado alarmante devido por conta de casos de coronavírus. 

“É importante consignar que a equipe de saúde de Faro tomou a tempo todas as medidas cabíveis, impedindo que essas pessoas viessem para a cidade. Todos estão sendo monitorados e estão em quarentena. Diante disso, dentro de cinco dias, a Secretaria estará fazendo testes nessas pessoas para detectar possível contaminação. Esses testes já foram adquiridos pelo município. De qualquer forma todos ficarão em quarentena durante os próximos 15 dias por garantia”, disse a prefeita, em nota. 

Ainda de acordo com a prefeita, foram tomadas todas as providências junto aos órgãos e instituições da cidade para que fatos dessa natureza não mais se repitam durante todo o período de exceção.

G1/ santarém

Nenhum comentário:

Postar um comentário